Translate

Quem sou eu

Total de visualizações de página

Seguidores

terça-feira, 15 de maio de 2012

Marola

É preciso soltar as amarras do tempo que nos aprisionam nas saudades parideiras das dores infinitas, guardadas em potes dourados à beira dos rios da vida, de águas turvas, barrentas e frias, que escondem os lamentos do mundo, que as correntezas não conseguem mais levar... O tempo do rio é marcado pelo movimento de suas águas, que são sempre as mesmas, pois o movimento do mundo é circular, as amarras é que mudam, se fortalecem ou se soltam, conforme nossos movimentos na vida... E se a gente fica parado: afunda!
 krika 15/05/2012

Um comentário:

  1. foto by krika - Rio Paraíba, no Vale do Paraíba/SP - é um cantinho dolorosamente belo, saudoso e frio, mas com muita história pra contar!

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, sugestão, dicas, blog se alimenta de comentários..rsrs
Se não encontrar a opção de postagem escolha Anônimo e deixe seu nome no comentário!!!
Mas lembre-se, recados ofensivos não serão admitidos!!