Translate

Quem sou eu

Arquivo do blog

Total de visualizações de página

Seguidores

quinta-feira, 12 de novembro de 2015

Permitindo...




Naquele vazio caminhava o meu amor...
onde o próprio amor se perdeu,
na estrela que um dia viu tão perto,
e a vida segue por entre os dedos caiados e
olha silenciando os passos deslizantes
sobre a lama escurecida nas feridas abertas,
em sangue,
em dor,
na singularidade do ser,
que um dia foi plural...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, sugestão, dicas, blog se alimenta de comentários..rsrs
Se não encontrar a opção de postagem escolha Anônimo e deixe seu nome no comentário!!!
Mas lembre-se, recados ofensivos não serão admitidos!!