Translate

Quem sou eu

Arquivo do blog

Total de visualizações de página

Seguidores

sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Pretérito Feminino - o início - Parte I



           O problema de  ficar velho é que observa-se mais o tempo... E ficar velho na contemporaneidade traz outro agravante: o tempo parece passar devagar. Onde está a correria da juventude? A juventude é que corre da gente agora! Atentando para o detalhe que correr e ficar velho são universos distantes, a menos que você seja um atleta! E ficar velho e ser mulher é mais difícil ainda. O medo das rugas, da solidão e da menopausa, simplesmente aterrorizantes, sem falar na gordura centralizada, onde antes existia uma cintura. É assustador. De repente, parece que organizamos nossa vida de modo a ficarmos desamparadas bem na metade do caminho! Em compensação rompemos o compromisso com a tirania da estética. Portanto, uma gordurinha aqui ou ali não é tão ruim, mas aprender sobre as limitações físicas, ver a papadinha no queixo  nas fotos de família, ser chamada de tia e logo depois de vovó é nosso certificado de velhice.
            Não entendam como uma reclamação. Mas é uma reclamação!
           Hoje, meu despertar dolorido levou-me a refletir sobre questões do envelhecer...Procurei eufemismos poéticos para tal processo, que pretendo encarar com charme e valentia e  só então percebi meus pretéritos matinais nessas curvas do desconhecido! Deu medo!!
 
krika
 
Revisitado em 11/10/2013

Um comentário:

  1. Foto by krika- Recanto do Bosque - Guaratinguetá/SP , um lugar lindo, cenário perfeito para minhas reflexões menopáusicas, meu lugar predileto!!

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, sugestão, dicas, blog se alimenta de comentários..rsrs
Se não encontrar a opção de postagem escolha Anônimo e deixe seu nome no comentário!!!
Mas lembre-se, recados ofensivos não serão admitidos!!