Translate

Quem sou eu

Total de visualizações de página

Seguidores

domingo, 14 de outubro de 2012

Desabafo e constatações...

 


E de repente tudo se perdeu... todas as verdades transformadas em certezas absolutas foram apagadas na salinidade das águas que atravessam oceanos, rompem fronteiras e desaguam nas areias marcadas pelos passos que nunca fui capaz de dar...e tudo ficou inodoro no azul salgado dos mares por onde naveguei... percorri milhas sob as sombras de uma vida que realmente não vivi, ou não fui capaz de viver por não compreender seus enigmas, por não decifrar suas metáforas... e pelo tempo fui devorada...tempo não para...tempo é voraz... avancei centímetros no corredor escuro em busca de uma luz mitológica que a infância despertou... não a encontrei, ou se encontrei, também não fui capaz de seguir pelo tropeços constantes, na inconstância que é o próprio viver... lamentei minhas histórias descritas em páginas tortuosas, nos gritos sussurrados na escuridão noturna...minhas próprias imposições...quis agradar um mundo inteiro e fui só a metade em tempo integral... descobri muitas fases ocultas no transversal do olhar, dos olhares, do meu próprio reflexo em espelhos alheios... fui impiedosa... fui feliz, mas ainda não fui o inteiro de mim mesma... Neste exato momento contemplo o infinito através das vidraças molhadas pela chuva matinal e vislumbro fios solares descendo à terra dos aflitos, no desamparo finito da tarde sob um  tapete cinzazulado de um mundo que ainda não compreendi e minhas retinas ofuscam a dor que percorre todo meu ser envelhecido, disforme no amorfo... a vida traz o vento que sopra suave a canção de um passado distante... passado é só uma questão temporal, impõe sua presença a cada instante da vida, que ainda chegará... Então, tudo foi sentido figurado na existência do eminente simulacro... e o que sobrou de uma vida longa é a somatória das perdas em busca das pegadas que o mar fez questão de apagar...
 
krika 14/10/2012

2 comentários:

Deixe seu comentário, sugestão, dicas, blog se alimenta de comentários..rsrs
Se não encontrar a opção de postagem escolha Anônimo e deixe seu nome no comentário!!!
Mas lembre-se, recados ofensivos não serão admitidos!!