Translate

Quem sou eu

Arquivo do blog

Total de visualizações de página

Seguidores

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

sabe aqueles dias em que nos sentimos tão assim, que decidimos ficar dentro de nós mesmas, como se estivéssemos em uma praia deserta olhando o mar... Aquele vai e vem das ondas exatamente como nossas emoções, que em dias assim são, às vezes, sublimes e, em outras, macabras, vingativas, desesperadas. Nesses dias juramos que não amaremos mais, não sofreremos mais por amor, não perdoaremos mais e que vamos apagar de vez  qualquer vestígio de dor... Em dias assim, o espelho é cruel, o guarda-roupa está vazio, a balança ameaça, os amigos são escassos e o mundo é um inimigo real... Em dias assim  a vida caminha alheia a nós... Mas, no dia seguinte, superamos!

krika 20/10/2011

6 comentários:

  1. Krika, adorei o teu comentário no Amor Insano e concordo plenamente! Depois que eu li, também refleti muito sobre os meus conceitos de mulher quase perfeita e mudei muita coisa em minha vida!

    Quanto ao seu artigo, estes dias em minha vida estão condenados à eternidade...parece que não vai passar nunca!...mas, espero superar, com a graça de Deus!

    Beijosss

    ResponderExcluir
  2. Olá, mocinha, retribuindo a visita.

    que bela foto,hein.


    há dias mesmo que tudo parece não fazer sentido de existencia, e mesmo assim é bom continuar existindo

    ótimo texto

    ResponderExcluir
  3. Oi Krika!
    Lindo texto!
    Beijo

    http://relatosedescobertas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Krika do céu!! te peço desculpas não sei o que deu no meu blog, postei a mensagem, fui atender minha filha no telefone, não conferi e "MARAVILHA"!! a mensagem não apareceu (rsrs).
    Mas fiquei super feliz por sua visita e o carinho de suas palavras, editei a mensagem, volte lá!

    Que texto verdadeiro este, seria bom que nunca existissem dias assim.
    Um grande abraço. Leonice.

    ResponderExcluir
  5. Esses dias parecem comuns a todos. Maré alta, maré baixa...E no balanço das ondas vamos escrevendo nossa história. Nem sempre sorrindo, nem sempre cantando, mas sempre caminhando.

    Krika, cheguei aqui pelo blog da Nita. Como sou apaixonada por fotografia, não deu outra... Me apaixonei pelo teu cantinho. Parabéns, as imagens são lindas e as reflexões apropriadas.

    Bjo grande e abraço na alma.
    Diva L.
    //salto15vermelho.blogspot.com

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, sugestão, dicas, blog se alimenta de comentários..rsrs
Se não encontrar a opção de postagem escolha Anônimo e deixe seu nome no comentário!!!
Mas lembre-se, recados ofensivos não serão admitidos!!