Translate

Quem sou eu

Arquivo do blog

Total de visualizações de página

Seguidores

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Minhas Humanidades

Há momentos em que sou esse sol, rasgando o cinza, rompendo a manhã, um arauto dourado sobre o verde do deserto planetário, que sobe morros e desce colinas encantadas, aquecendo a pele, enxugando as águas das dores e de alguns amores, ensolarando o viver.

 Há momentos em que sou o cinza, que esconde o sol, que não abre o dia, que espalha o fel, que destrona a manhã, que não sobe morro, nem desce a colina,  desencantada, de pele fria e derramo as águas das dores e de alguns amores,  grisalho sobreviver.

 Mas há momentos em que sou o céu que abriga o sol e o cinza do dia.

krika 15/09/2011

8 comentários:

  1. O nascer do sol na Canção Nova, em Cachoeira Paulista/SP. Belíssimo!

    ResponderExcluir
  2. Oi Krika... Belíssimo texto! Amei... A imagem também é linda! Foto tirada por vc?

    Já peguei a brincadeira que vc me indicou, logo estarei postando! Muito obrigado!
    Beijinhosssssssssss, bye bye
    Anita do diarios-do-anjo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Muito obrigada Krika pela recomendacão, lindo seu texto, parabéns!

    ResponderExcluir
  4. Ola Krik, me agrada que le haya gustado mi blog, la invito a quedarse a mi lado y compartir los sueños de un futuro con estrellas lucientes, sombras y luces de un sol enamorado de su luna.La Espero ...
    Le dejo mi ternura
    Sor.Cecilia

    ResponderExcluir
  5. Lindo texto. Ameeei.

    http://mundofashionfemenino.blogspot.com/

    Beijinhos!!!

    ResponderExcluir
  6. Oie Krika, linda foto e lindas palavras.

    bjiimm e ótima noite

    http://muslimahfashionn.blogspot.com/

    http://meuamorpaquistanes.blogspot.com

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, sugestão, dicas, blog se alimenta de comentários..rsrs
Se não encontrar a opção de postagem escolha Anônimo e deixe seu nome no comentário!!!
Mas lembre-se, recados ofensivos não serão admitidos!!