sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Indecisões e um lago


Resgatei minhas lembranças do labirinto doloroso,
atravessei meu inferno de lama gelada e
curei as feridas  da alma no coração endurecido
nas perversidades alheias do ser que não sou,
ou não  fui.
 As cicatrizes tatuadas sobre o moreno da pele
deformam a imagem e reconstroem a película
refletida nos espelhos d'água.
Molhado ego, constante construção.
Os pés caminham sobre as águas e
refazem o caminho que já fora trilhado
em direção ao infinito do amor,
que se esconde atrás dos montes nas tardes de verão.
Aqui sempre é verão e às vezes é tarde.
Acordarei meus invernos, no outono de minhas manhãs?
E na primavera eu simplesmente não sei...

krika 11/11/2011



2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. foto by krika - Recanto do Bosque - Guaratinguetá/SP

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, sugestão, dicas, blog se alimenta de comentários..rsrs
Se não encontrar a opção de postagem escolha Anônimo e deixe seu nome no comentário!!!
Mas lembre-se, recados ofensivos não serão admitidos!!