quarta-feira, 29 de junho de 2011

Sentiendi



Veja, olhe, enxergue...

 O horizonte se apresenta
 igualando as criaturas,
e define o limite da mira,
 toca e desfoca a visão...


 Às margens da imensidão
 prove a respiração do mar, 
os sussurros e os oráculos,
nos anúncios da estação...


Ouça, escute e silencie... 


O doce barulho das águas
que ensurdece a dor,
que adocica  aflições, 
e enfraquece a solidão...


À beira do mar todo o mundo é salgado!

 Krika 29/06/2011


Um comentário:

  1. Outra viagem. Deixei minhas pegadas por lá e fotografei!

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, sugestão, dicas, blog se alimenta de comentários..rsrs
Se não encontrar a opção de postagem escolha Anônimo e deixe seu nome no comentário!!!
Mas lembre-se, recados ofensivos não serão admitidos!!